Integração de colaboradores facilitada com E-Learning

A incerteza associada ao atual contexto económico provoca várias mudanças na gestão das organizações. Uma delas, ao nível da contratação. As contratações são realizadas o mais tarde possível no tempo, as pessoas entram e “devem” estar a “produzir na semana seguinte”.

Por vezes avolumam-se entradas com diferentes perfis, para diferentes funções, etc. Como é feita a integração? Qual a eficácia desse processo? Quais as actividades de integração? Qual o seu valor? São “mesmo” realizadas? E são executadas a tempo?

Temos vindo a propor às empresas uma solução, baseada em E-learning. Que argumentos valorizam esta solução?

 

  • Financeiramente barata
  • criando uma base de curso, a empresa pode replicar o curso de forma indefinida (à medida que as pessoas são recrutadas) a um custo muito baixo.

  • Motivação das pessoas
  • habitualmente é apontado ao E-learning a desvantagem de não garantir a adesão das pessoas. Isso não se verifica em pessoas que foram recentemente recrutadas pela empresa.

  • Tempo de aprendizagem
  • cada pessoa consume com a formação em E-learning o tempo que individualmente necessita.

  • Liberdade de agenda
  • os formadores (habitualmente internos) não ficam com agendas condicionadas fisicamente e temporalmente.

  • Espaço
  • em empresas com diversas localizações, são evitadas as deslocações associadas a formação presencial.

Complementamos estas soluções com apoio ao desenvolvimento de pessoas e processos de tutoria.

LSensorial